3 de outubro de 2019

Alimentação fora do lar, deve ser segura e saudável

Restaurantes como o Sesc, que têm nutricionista fazem toda a diferença, pois zela pela segurança alimentar e nutricional do que é servido. Na hora de escolher o que e onde comer, faça escolhas corretas

Andrea Vieira | Nutricionista e Coordenadora de Nutrição do Sesc Alagoas

Estimular a alimentação adequada e saudável a partir das próprias escolhas! O desafio de todos é aliar essa prática à necessidade de comer diariamente fora de casa, em restaurantes, lanchonetes ou similares. Para nós, cada um é responsável pelo que põe no prato, mas a qualidade do que é oferecido deve ser uma preocupação do estabelecimento. “Na hora de escolher o que e onde comer, não conte com a sorte”, faça escolhas corretas, priorize a segurança alimentar e os benefícios de uma dieta equilibrada.

A Pesquisa de Orçamento Familiar (POF, 2008- 2009) do IBGE, apontou o crescimento do consumo de alimentos pouco nutritivos e com alto teor de sal, gorduras e açúcar, em detrimento de frutas e verduras. Outro dado importante apresentado em 2011 pelo Ministério da Saúde, revelou o aumento da proporção de pessoas acima do peso no Brasil de 42,7%, em 2006, para 48,5%, em 2011. Atento a esse tipo de consumo, o nutricionista atua na promoção da saúde dos clientes por meio da alimentação adequada e equilibrada, e ações de educação nutricional, da cultura alimentar da região, na prevenção de doenças e na implantação de controles de segurança desde o fornecedor até a distribuição de alimentos.

Em alinhamento a missão institucional  de contribuir para a qualidade de vida  e bem estar da clientela,  a área de nutrição tem condições estruturais e a grande satisfação, em ofertar ao público alvo acesso aos serviços de refeições e lanches, assim como consulta nutricional, onde zela pela segurança alimentar e nutricional do que é servido, bem como o gerenciamento da qualidade dos produtos e serviços por meio de ações que privilegiam o controle sanitário, a prevenção e a diminuição do desperdício. Os cuidados com a qualidade, o preparo e a conservação dos alimentos contribuem para a alimentação segura. Restaurantes como o Sesc, que têm nutricionista fazem toda a diferença!

Dicas importantes para uma alimentação adequada e saudável:

– Comer com regularidade e atenção. Coma sempre devagar e desfrute o que está comendo;

– Planejar o uso do tempo para dar à alimentação o espaço que ela merece;

– Verificar se os alimentos expostos ao consumo quando frios estão em refrigeração e quando quentes estão em aquecimento;

– Fazer de alimentos in natura ou minimamente processados a base da alimentação;

– Colocar em seu prato frutas, verduras e legumes de cores variadas;

– Utilizar óleos, gorduras, sal e açúcar em pequenas quantidades ao temperar e cozinhar alimentos. Evite adicioná-los na hora do consumo;

– Preferir alimentos assados, cozidos ou grelhados;

– Evitar o consumo de alimentos ultraprocessados. Biscoitos recheados, “salgadinhos de pacote”, refrigerantes e “macarrão instantâneo” – são nutricionalmente desbalanceados;

– Dar preferência, quando fora de casa, a locais que sirvam refeições feitas na hora. Restaurantes de comida a quilo podem ser boas opções. Evite redes de fast-food, e

– Mude seus hábitos alimentares. Permita-se fazer novas escolhas.

3 de outubro de 2019