14 de agosto de 2019

Tributação sobre bens e serviços é tema de consultoria

A iniciativa é decorrente de um convênio entre a Fecomércio e o Sebrae e direcionada aos empresários

Fruto do convênio entre a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Alagoas (Fecomércio AL) e o Sebrae Alagoas, aconteceu hoje (14), na sede da Fecomércio, o segundo encontro da primeira turma da consultoria Planejamento Tributário com empresários locais. O encontrou abordou o tema Tributação sobre bens e serviços (ICMS, ISS e IPI) e propôs novos cenários que foram analisados e simulados pelo participante.

A metodologia adotada é a ativa com a aprendizagem baseada no estudo do caso da própria empresa. Sendo o participante o personagem principal e central que explora as variáveis à implementação do planejamento tributário sob a orientação da consultora.

O empresário Thiago Pereira, Central das Impressoras, é um dos participantes da consultoria. Para ele, a reciclagem é fundamental para o micro e pequeno empresário para que possa comparar com o que aplica no operacional diário. “A falta de conhecimento tributário pode comprometer a saúde da empresa. A burocracia é muito grande e a gente tem que estar ciente do que acontece”, afirmou. Ele admite o fato de a rotina do empresário ser muito puxada e isso dificulta a vida na hora de se atualizar.

Mestra em Direito Público pela Ufal e especialista em Direito Tributário, a consultora Cecília Monte, explicou que o foco da consultoria é o planejamento tributário da empresa em busca de redução de impostos de forma lícita e adequada à legislação tributária e com proposta negocial.

Segundo ela, o empresário está mais atento e tem buscado mais informações. “O empresário precisa de conhecimento básico administrativo, contábil e fiscal para saber o caminho a seguir”, afirmou. Cecília disse ainda que no futuro as empresas terão que ter um setor de Compliance em conformidade com a lei.

14 de agosto de 2019