16 de julho de 2019

Governo concede incentivos fiscais à Azul Linhas Aéreas

Valdomiro Feitosa, vice-presidente da Fecomércio, prestigiou a solenidade

 

O vice-presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Alagoas (Fecomércio AL), Valdomiro Feitosa, prestigiou a solenidade de assinatura do termo de concessão de incentivos à companhia aérea Azul Linhas Aéreas, nesta tarde, no Palácio República dos Palmares.

Assinado pelo governador Renan Filho, pelo secretário de Estado da Fazenda, George Santoro, pelo superintendente da Receita Estadual, Francisco Suruagy, e pelo representante da Azul, Ronaldo Véras, o termo é vista como um importante passo para fortalecimento da malha aérea do Estado, já que reduz de 12% para 5% o ICMS sobre o Querosene de Aviação (QAV) para a companhia aérea. Em contrapartida ao benefício, a Azul irá disponibilizar mais voos para Alagoas. A previsão da empresa é de crescer, no mínimo, 18% em partidas para Maceió no comparativo ao ano passado, no período entre setembro de 2019 a agosto 2020.

“A gente precisa cada vez mais incentivar o crescimento do Turismo, que é uma indústria sem chaminé, que gera emprego como poucas e, sobretudo, empregos democráticos para todos os tipos de formações. Desde o trabalhador autônomo ao ambulante, até o mais qualificado, de maneira que trabalhar para o crescimento do turismo é, certamente, trabalhar para o crescimento de Alagoas”, disse Renan, aproveitando para anunciar que no segundo semestre será publicado o edital para a construção do aeroporto de Maragogi com um investimento de R$ 80 milhões de reais.

Para a Fecomércio, a iniciativa do governo estimula o fluxo de turistas e contribui para minimizar os impactos na diminuição de voos ao Estado com a falência da operadora Avianca, mantendo a dinâmica econômica deste setor tão importando para nossa economia.

 

16 de julho de 2019