21 de novembro de 2017

Fecomércio traz representantes de Taiwan visando ampliar a relação comercial com Alagoas

Os números de Taiwan apresentados durante o Encontro Empresarial de Negócios Internacionais, uma iniciativa da Federação do Comércio do Estado de Alagoas (Fecomércio), hoje (21), no auditório do Senac, impressionam. O pequeno país asiático se destaca na economia mundial com um PIB de U$$ 530 bilhões – um terço do Brasil – com uma população de apenas 23,5 milhões. Taiwan é 18º maior exportador do mundo. O valor de exportação corresponde a U$$ 280 bilhões e de importação 231 bilhões. A taxa de desemprego corresponde a 3,92%. Essa economia dinâmica chamou a atenção da Fecomércio que trouxe representantes daquele país no intuito de fortalecer a relação comercial entre Taiwan e Alagoas.

O país realiza 40 feiras de negócios internacionais visitadas por empresários do mundo inteiro. Muitas delas já ocupam a segunda posição como maior feira da Ásia.  Cerca de 250 empresários brasileiros são convidados a participarem dessas feiras. Entre os destaques informática, automação comercial, bicicletas, parafusos, autopeças.

O gerente da Taitra, Chiang Chih Wei, fez um breve resumo do crescimento do país. A Taitra é uma organização de promoção comercial sem fins lucrativos, fundada em 1970. São 1.300 funcionários e quatro escritórios em Taiwan. Além de 60 filiais e o Brasil é o único país da América Latina em que a Traita está presente, na Avenida Paulista, em São Paulo.

Localizado no coração da Ásia, em no raio de três horas é possível se deslocar de Taiwan para países como o Japão e a Coréia. A balança comercial entre o Brasil e Taiwan é tímida. A exportação corresponde a 0,4% e a importação 1%.

O PMI, índice que mostra o crescimento contínuo, atingiu em Taiwan 65.2. “Somos fortes na capacidade de inovação”, garantiu Chiang Chih Wei. Ele acrescentou que a economia do país é baseada no conhecimento intensivo. O país tem muito polo industrial de alto desempenho.

Taiwan é o segundo maior produtor de painel solar, o terceiro de lâmpada led. O país também é responsável por fabricar 90% da placa mãe consumida no mundo. Além de ser o 6º maior exportador do mundo em ferramentas, o 3º em parafusos. É ainda grande produtor de tecidos sintéticos, de café – com propriedade de inibir odores – e de bambu.

As missões comerciais realizadas por Taiwan 2016/2017 contabilizam dez missões em 137 empresas brasileiras gerando negócios em torno de 300 milhões de dólares. Além de sete acordos de cooperação firmados, entre eles com a Confederação Nacional do Comércio (CNC).

“A Fecomércio tem trabalhado na direção de trabalhar o ambiente empresarial no estado. Sabemos a força do setor. Representamos em termos percentuais mais de 70% do PIB. Somos os maiores empregadores do estado. Buscar incluir novos mercados”, disse o presidente da Fecomércio, Wilton Malta.

A diretora da Taitra, Rachel Lu, ressaltou que apesar da distância, os dois países têm muitas oportunidades de parceria. Taiwan desenvolveu a indústria de tecnologia. E no Brasil tem muita demanda. “A nossa tecnologia pode contribuir para que o empresário local seja mais competitivo tanto no mercado doméstico quanto no mundo todo. A nossa proposta é apresentar o país e detectarmos parcerias”, explicou Rachel.

 

EXPORTAÇÃO E IMPORTAÇÃO

Entre os principais produtos que o Brasil exporta para Taiwan estão soja, milho, minérios de ferro, petróleo, minérios de cobre, pasta de madeira, algodão, açúcar de cana, ferro fundido, grão de café.

Já os itens que o Brasil importa de Taiwan que mais se destacam são: processadores CPU, peças para televisão e rádio, polímeros de plásticos, tecidos sintéticos, fios sintéticos, componentes de PC, circuitos impressos, aparelhos telefônicos, discos DVD, parafusos.

Em Alagoas, o principal produto exportado para Taiwan é sucata de alumínio. No ano passado, o Estado movimentou R$ 5 milhões nestas exportações.

Os empresários interessados em mais informações para negócios em Taiwan pode buscar informações na Fecomércio 3026-7200.

21 de novembro de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *