6 de outubro de 2017

Maioria das empresas ainda não aderiu à fase de testes do eSocial

Como forma de orientar e apoiar as empresas do Comércio de Bens, Serviços e Turismo na utilização do sistema do e-Social, a Fecomércio Alagoas idealizou uma ferramenta que irá auxiliar o entendimento das empresas acerca das novas regras: o curso “eSocial: chegou a hora. Prepare sua empresa”.

Com previsão para acontecer em Maceió, Arapiraca, Palmeira dos Índios, Penedo e União dos Palmares, o curso será realizado em parceria os Sindilojas filiados à Federação e apoio do Sebrae e do Senac Alagoas. Como diferencial, a parte teórica do curso (que terá 20 horas-aula) será complementada com uma consultoria (8h).

O curso foi pensado para facilitar a adaptação das empresas, já que principal desafio delas no momento é a reestruturação dos processos internos. Isto porque a nova sistemática mudará a forma de gestão do contrato laboral, sendo necessário que as empresas se prepararem. “O uso da plataforma vai exigir adaptações em sistemas, procedimentos e rotinas de cada empresa. Não só em termos do fornecimento das informações, mas de novas regras. Demissões, por exemplo, terão de ser comunicadas ao sistema no momento em que forem ser feitas para, depois, formalizar a dispensa”, explica a assessora técnica da Fecomércio, Izabel Vasconcelos.

Por meio do eSocial, as empresas terão que fornecer aos órgãos do Governo Federal as informações trabalhistas, previdenciárias e tributárias de seus empregados; tudo de forma unificada e praticamente em tempo real. E, a partir de 1º de julho de 2018, será obrigatório para todos os empregadores do país, incluindo as pequenas empresas.

 

Fase de teste

Mesmo com a vigência prevista para 1º de janeiro de 2018, no primeiro mês de teste do sistema do eSocial pouco mais de 15% dos contribuintes que devem aderir ao sistema na primeira fase se cadastraram na plataforma da Receita Federal. São empresas com faturamento superior a R$ 78 milhões anuais. O sistema ambiente de testes para todas as empresas foi disponibilizado desde o dia 1º de agosto.

Uma pesquisa da Federação Nacional das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas (Fenacon) revelou que somente 4,4% estão prontas para a operação do novo sistema. O levantamento mostrou que 42,9%, das 1.332 companhias avaliadas, ainda não iniciaram a implantação, enquanto o restante está começando a se adaptar agora (29,1%) ou em fase intermediária (23,7%).

As informações prestadas por meio do eSocial substituirão futuramente a obrigação de entrega de formulários e declarações. Quando for totalmente implementado, o eSocial representará a substituição de 15 prestações de informações ao governo – como GFIP, RAIS, CAGED e DIRF – por apenas uma. A implantação do período de testes tem como foco a adaptação das empresas ao sistema e o aperfeiçoamento da plataforma por parte do governo federal.

“Por outro lado, chamamos a atenção que será preciso adaptar a plataforma às mudanças que serão implementadas com a reforma trabalhista aprovada recentemente. E que traz mudanças nas regras hoje em vigor. Como por exemplo, o registro da jornada intermitente e demissão em comum acordo. Tudo o que mexe no cálculo da jornada e da remuneração do trabalhador deverá ser ajustado”, observa Izabel.

 

SERVIÇO

Curso “eSocial: chegou a hora. Prepare sua empresa”

Investimento é de R$ 250,00 (2x em boleto bancário ou cheque)

 

Inscrições:

Maceió | 16 a 20 de outubro

instituto@fecomercio-al.com.br

82 3026-7200

 

Palmeira dos Índios | 24 e 25 de outubro e 7 a 9 de novembro

sindilojas-palmeira@fecomercio-al.com.br

82 3421-2106

 

Arapiraca | 20 a 24 de novembro

sindilojas-arapiraca@fecomercio-al.com.br

82 3521-1569

 

Penedo | 27 a 31 de novembro

sindilojas-penedo@fecomercio-al.com.br

82 3551-2610

 

União dos Palmares | 4 a 6 e 12 e 13 de dezembro

sindilojas-uniao@fecomercio-al.com.br

82 3281-1851

6 de outubro de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *