22 de agosto de 2012

Intenção de Consumo das Famílias recua na comparação anual

A pesquisa nacional de Intenção de Consumo das Famílias (ICF), da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), apresentou, em agosto, leve alta de 0,2% (135,6 pontos), na comparação com julho, e recuo de 1,0% em relação a agosto de 2011. De acordo com a CNC, os níveis de comprometimento de renda e de inadimplência ainda impedem uma escalada mais forte da disposição ao consumo.
Na comparação mensal, alguns componentes relacionados ao consumo e ao mercado de trabalho apresentaram variações positivas – o otimismo se deu, em especial, pelos itens Emprego atual e Renda atual, em razão não apenas da manutenção do crescimento real da massa salarial, mas também da base mais fraca de comparação, considerando-se os sucessivos recuos dos respectivos componentes nos últimos meses. Na comparação anual, após sete meses, a Intenção de Consumo das Famílias apresentou variação negativa (-1,0%), puxada por maior cautela em relação ao mercado de trabalho. Mais uma vez, todos os componentes da pesquisa relacionados ao emprego e à renda registraram recuo nessa base de comparação.

22 de agosto de 2012

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *